II crônicas 7.14

"Se o meu povo que se chama pelo meu nome se humilhar, e orar, e me buscar e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra" (II crônicas 7.14)

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Batalha espiritual

A paz do Senhor blogueiros!

Estamos passando por uma grande batalha espiritual no Iavé Shammah e achei viável postar para vocês a passagem bíblica onde nos é ensinado a nos revestirmos das armaduras espirituais! Vigiemos e oremos, o diabo está furioso, pois sabe que o melhor está por vir sobre este ministério levantado por Deus, para abençoar e ser canal de Deus aqui na Terra!


Efésios 6
10  No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder.
11  Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.
12  Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.
13  Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.
14  Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça;
15  E calçados os pés na preparação do evangelho da paz;
16  Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno.
17  Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus;
18  Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos,
19  E por mim; para que me seja dada, no abrir da minha boca, a palavra com confiança, para fazer notório o mistério do evangelho,
20  Pelo qual sou embaixador em cadeias; para que possa falar dele livremente, como me convém falar.


Assim que eu guerreio contra os inimigos de Deus!

Maior é o que está nós do que o que está no mundo!

No amor de Cristo...
Rafly Walone

0 comentários:

Postar um comentário